Compensados: a versatilidade do produtos em projetos arquitetônicos

Os compensados proporcionam uma grande variedade de aplicações por se tratar de um produto versátil, com camadas, espessuras e medidas diferentes, ele faz um  verdadeiro sucesso nos projetos de engenheiros e arquitetos. 

Outro fator que favorece a escolha do compensando para determinados projetos é a durabilidade. Pois, se pararmos para pensar, a madeira é um dos materiais mais antigos, utilizado pelo homem, especialmente no setor da construção civil. E nesse sentido, a qualidade está totalmente ligada a durabilidade e resultado final do projeto. 

Quer conhecer as vantagens e diferenciais de usar compensados no projeto? Então continue lendo este artigo!

O que são compensados?

Os compensados são formados por lâminas de madeira, unidas por cola e prensadas. Além disso, seu uso é muito versátil, sendo acessível para diversos projetos arquitetônicos como paredes, portas e forros e também em formato de móveis e bancadas.

Uso de compensados nos projetos

Projetos onde o principal componente são os compensados, é importante reforçar que não se deve comparar a estrutura e acabamento com os de metais. Isso porque são materiais completamente diferentes. Mas fique tranquilo, pois a madeira é um ótimo material para trabalhar. 

A madeira em geral possui mais resistência e durabilidade, sem contar que, na maior parte das vezes, é mais econômico. Além disso, os compensados são materiais vegetais, ou seja, são mais sustentáveis. 

Design mais aconchegante

Os projetos com compensados apresentam, muitas vezes, um design e estrutura mais aconchegante aos moradores, por se tratar de um material versátil. E a combinação de simplicidade e versatilidade é o que torna o ambiente acolhedor e moderno ao mesmo tempo.

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre o assunto? Então continue acompanhando nosso blog e redes sociais, toda semana tem conteúdo novo para te manter bem informado!